Skip to main content

Edição De Terça-Feira, 26 De Julho De 1932, Página Dezoito

Página 18.—Terça-feira, 28 de julho de 1932 CA VANGUARDA PROVÍNCIAS As festas do Apóstolo Santiago, A Tradicional OFERTA DISCURSOS DE D. MIGUEL MAURA E D. MELQUÍADES ALVAREZ OUTROS ATOS POLÍTICOS A festividade do Apóstolo Santiago :: Chegada de forasteiros. Animação extraordinária. Santiago, 25.As festas continuam celebrando-animada – mente. Ontem os trens e carros de todas laslíneas trouxeram-se por milhares os estranhos, podendo garantir que a população dobrou sunúmero. Passagens que veio pra cantar a missa de hoje na catedral. O conciertoque disponibilizou foi com obras C os professores ciudad autónoma de buenos aires, são paulo e Almandoz, sendo muyaplaudidos. À noite teve efeito na grande plazadel Hospital uma função de fogos de artifício que foram brillantísimos, calculándoselos presenciaram por volta de cinquenta mil pessoas que se apretujaban, ocupando todos os espaços.

Durante a noite foi baleado extenso número de argamassas de lucería, elevando-se infinidade de balões. As bandas de música e a gaita do povo a amenizaron, prestando unaanimación extraordinária. “Schole Canto” rum”, de Passagens., que veio com esse utensílio,vestindo os trajes característicos. A coro de ter assistido os cavaleiros santiaguistas marquês de Santa Cruz de Ribadella, visconde de San Alberto e d. Manuel JoséAutrán.

Em uma das galerias do altar-mor, que participou da solenidade com sua família, o marquês de Alhucemas e pela outra o marquês de Figueroa, com a sua própria, que figura entre os de – mais assistentes representações de toda a região. Não se lembra concorrência tão crescida enningún ano. Você nos legasteis e nossos pais ate – soraron; mais eis-nos a • vossas plantas escar-fará menção desses e arrependidos.

Eu disse.—Correspondente. Resposta do prelado Santiago, 25El bispo oficiante respondeu citando: SftKor delegado da Archicofradia de Santiago: Recebo com todo o gosto de o teu voto, que fizerdes ao padroeiro de Portugal em nome de lainmensa maioria do povo português. Dizeis muito bem, a fó não desaparecerá de nuestraPatria..

A realidade presente diz o contrário. Diz que por no-topo de todos os actos de vandalismo anterreli – giosos que vimos nesse solo; apesar algumas mais graves com que nos ameaçam ainda os judeus, ateus e maçons; a. Galiza, que foi muito lucida. Laanimación continua a ser extraordinária.—Eco.

O Dia de Santiago :: O jornal ((Galiza” contra as manifestações do senhor Otero Pedrayo em Barcelona. ” de comer – sais.O partido galeguista publicou um número exótico de seu órgão oficial, em que estáinserido um manifesto ratificando as asptoacao – nes de autonomia do agrupamento.—Entrou no porto o cruzador “República”, procedente de El Ferrol.

  • Clube Desportivo Orvina
  • dezesseis de julho: festa da Virgem do Carmo, no Porto
  • Fastpayhotels aspira a ser a ‘start-up’ do ano
  • dois Guarda de alto-mar
  • 1 Organização paroquial
  • Kimi Räikkönen – treze pontos

Leva a bordo ungrupo de guardas marinhas em viagem de Instrução.—Ruiz. Menino falecido em um incêndio o Ci Da comemoração do Apóstolo. Burgo, celebrou-se as habituais festas religiosas e de via,custeadas por subscrição popular.—Lanoin, O Dia da Galiza :: Gravísimamente ferido o estallarle um cartucho de dinamite :: Acidente. Ei Ferrol, 25Con vasto entusiasmo celebra-se hoje o Dia da Galiza, declarado feriado pelo Ayanta-mento.

Bandas da música e coros galegos percorrem as ruas. Kn vários edifícios tremula a bandeira galega, associada com a nacional. —O marinheiro Gervasio Lisuras, pescandotruchas com explosivos no rio Sille, é – cinzelou um cartucho de dinamite no momentode jogá-lo, destrozándole as mãos e o rosto.

A ordem não é uma coisa estranha, entretanto algo fundamental.Acrescenta que a ditadura nos tem degradado a todos. Contra ela, nós conspirado algunospartidos e outros que paga ocupam o poder, não apresentaram-se nunca, naqueles tempos, queeran de fundamentado perigo. Com fonte à Assembleia Nacional, diceque enquanto ele resisti-a toda sugestão para aceitar o destaque visto que se lhe disponibilizou,os socialistas testemunharam que poderiam aceitar – se postos naquele conglomerado de Primode Rivera. Não, para mim, o primeiro é a independência: assim sendo, a República.

O procedimento a partir do qual precisam transcorrer os atos administrativos, garantindo, quando indispensável, a audiência do interessado. 1. Os Tribunais controlam o poder regulamentar, e da legalidade da atuação administrativa, assim como a submissão dessa para os fins que a justificam. O Conselho de Estado é o supremo órgão consultivo do Governo.